Para onde vamos, para onde queremos ir???

Hoje e como estou calmo, assertivo, mentalmente desperto aproveito para vos convidar a reflectir…
Acham mesmo que precisamos de ideologias que nos condicionem a forma de pensar, de viver ou mesmo a forma como nos relacionamos com terceiros?
Seremos nós assim tão dependentes de cartilhas, de regras, de limitadores de pensamento e de acção, somos ou não seres pensantes independentes com personalidade e vontade própria?
Não faz parte da nossa natureza cingirmo-nos à vontade de uma sociedade organizada como por exemplo a das abelhas, ou então a das formigas, será que não nos damos conta que é precisamente para isso que caminhamos, estamos a caminho de uma sociedade desumanizada em que cada qual está a perder a vontade própria, está a perder capacidade de raciocínio, no fundo estamos a auto-condicionar a nossa forma de sentir e reagir aos estímulos deste mundo moderno!!!
Resultado de imagem para corpos sem alma
Onde param os sentimentos, as emoções, a vontade de viver, a alegria do convívio,a família e mais grave a capacidade de reacção a incapacidade sequer de sonhar, sim sonhar, pois sem o sonho este mundo não poderá pular e avançar como bem nos transmitiu Rómulo de Carvalho na sua Pedra Filosofal!!!
Somos humanos, somos seres vivos inteligentes, temos capacidades infinitas, basta que as procuremos, basta fazer uso da inteligência da qual somos dotados e assim sendo porque não fazermos uso dessa inteligência em conjugação com outra das nossas capacidades, a consciencia para que encontremos forma de construir uma verdadeira sociedade funcional?
Porquê este seguidismo de estereotipos comprovadamente ineficazes ou mesmo prejudiciais tanto para nós como individuos bem como para a humanidade em geral, será a subserviencia e a preguiça mental uma característica da sociedade actual, ou então estamos a caminho de nos tornarmos meros objectos, meros seres sem vontade, sem ideais, desligados de tudo, da sociedade, da família, coisas portanto!!!
Então porque chegámos a este marasmo a esta estagnação intelectual, a esta situação em que estamos a tornar-nos meros corpos sem alma, será que nos fechámos ao mundo à nossa volta e apenas nos alimentamos de tudo aquilo que nos desvia daquele que deveria ser o nosso desígnio os tais seres conscientes e pensantes, será que sucumbimos a todo este materialismo, a todos estes vícios tecnológicos com os quais somos bombardeados, com os quais somos diariamente bombardeados, a droga da sociedade actual, estamos a caminho da servidão, acabamos por ser escravos de nós próprios, pois perdemos a nossa consciência individual, perdemos a nossa espiritualidade, perdemos a nossa essência, assim sendo como pode esta sociedade evoluir, pois, se bem sabemos é pela agremiação ou partilha da nossa consciência individual que conseguimos induzir uma consciência colectiva, fazendo dessa forma uma sociedade funcional, humana e consciente!!!
Esperamos o quê para mudar de paradigma, para despertar para tudo aquilo que nos rodeia, desde a miséria humana, fome, morte ou mesmo escravatura física e mental, estaremos nós à espera do apocalipse perfeitamente resignados com a nossa sorte, será que não somos seres capazes de união, onde estão o espírito gregário, o espírito de tribo que nos trouxeram até aos dias de hoje, onde está a nossa capacidade de criar, de fazer pontes, de evolução, de compreensão e de comunhão com o universo do qual fazemos parte, no fundo somos todos pequenas partículas de um todo, o universo é um enorme ser vivo e nós individualmente somos átomos ou células que o compõem, somos parte de um todo, porquê continuarmos a cultivar o culto do individualismo, se está comprovado que leva à estagnação física e espiritual, somos carne, mas sobretudo espírito, ou não???
Resultado de imagem para corpos sem alma
Estaremos nós reduzidos a meros animais ou meras peças com uma função pré-determinada, será que num futuro próximo já nasceremos programados genéticamente para ocupar uma função na sociedade perdendo dessa forma toda a nossa personalidade, toda a nossa capacidade de evoluir, de absorver o mundo que nos rodeia…meras peças de uma engrenagem, triste fim para a humanidade!!!
Está na nossa mão a mudança de paradigma, porque esperamos???
Alexandre Sarmento

Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

Alexandre Sarmento Written by:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *