Triste retrato da nossa cultura do pós 25 de Abril, o retrato da mentira…

Mas a que miséria chegámos que foi preciso ir buscar um pseudo-historiador mentiroso pago pelo regime para denegrir o nosso nobre e virtuoso passado!!!

Foto de Alexandre Ferreira Dos Santos.
Um retrato da pobreza do regime, o recorrer à mentira, falsidade e embuste com o fim de se manter vivo, mas afinal que regime é este que já dura há 43 anos sempre baseado nas mentiras propaladas por políticos e intelectuais sem um mínimo de seriedade, será que somos obrigados a aturar uma besta do regime a denegrir o nosso passado e os nossos bravos antepassados, penso estar na hora de fazer um verdadeiro auto de fé a publicações promovidas pelo regime vigente, a mentirocracia, a merdocracia, o regime dos imbecis, no fundo um não-regime, talvez uma farsa, uma ópera bufa, que tem na sua tutela párias, apátridas e criminosos de Lesa-Pátria.
Estamos realmente demasiado moles e imbecilizados para que consigamos reagir a estas afrontas, pergunto eu, ainda haverá um pingo de sangue, um minimo de memória genética dos nossos bravos antepassados?
Porra, estou farto de ver este povo a ser imbecilizado, arrastado pela lama e envergonhado por mentiras e falsidades propaladas pelos acólitos do regime, pelos parasitas do regime…
Para quando punições exemplares para estes criminosos e mentirosos profissionais?
Realmente um regime que foi feito à medida para estes pseudo intelectuais, gente sem princípios éticos e morais, como poderemos almejar um futuro com algo de positivo se estamos dominados pela mediocridade e mentira, estão a retirar-nos a identidade cultural, estão a desenraízar-nos estão a por-nos numa verdadeira prisão mental, e o pior é que tudo permitimos, pergunto eu, será isto a tão propalada liberdade, não, não creio!!!
Libertem-se das vossas próprias correntes, pensem pela vossa cabeça, afinal, não custa assim tanto, é hora de reagir, é hora de dizer basta, é hora de inverter o ciclo, é hora de repor a verdade, é hora de mostrar que ainda estamos vivos, que ainda algum sangue corre nas nossas veias.
Somos portugueses, queremos o “nosso” Portugal de volta, devolvam-nos aquilo que nos pertence, ou então alguém terá que dar a face e encabeçar uma verdadeira rebelião contra a máfia que tomou a rédea do poder e infelizmente controla a cultura neste nosso cantinho à beira mar plantado!!!
Mas afinal que merda de gente temos ao leme que tiveram que fabricar um Fernando Rosas para mais uma vez fazer deste um povo tirano e genocída, uma perfeita inversão de valores, uma vergonha nacional!!!

Somos gente de verdade, não uma fraude como pretendem que sejamos, temos história, temos uma bela herança genética, morte aos traidores…

Alexandre Sarmento

Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

Alexandre Sarmento Written by:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *