Um país sem um verdadeiro estadista é um país à deriva!!!

Sei é que se tivéssemos um verdadeiro estadista uma situação destas teria responsáveis, ou melhor, situações como esta não aconteceriam de todo…
Mas como temos um governo legitimado, e pior defendido por verdadeiros FDP`s, acabamos por arcar com as consequências de termos um não-governo, um não-regime, uma não-democracia, em suma um não-país, um não-estado, uma não-nação!!!
Em suma estamos metidos na trampa até ao pescoço e ainda ficamos todos contentes, o que faz falta é animar a malta, daqui a poucos dias ninguém se lembrará deste e de outros episódios, o que é preciso é futebol, programas imbecilizantes de TV e festarolas, essa é que é essa!!!

Imagem relacionada
Um povo de merda, um povo de merdas que tudo aceita, um povo que se escusa das suas responsabilidades, um povo que se furta às suas obrigações materiais e sobretudo morais, neste caso um povo resignado à sua própria miséria intelectual, um povo que pactua com os seus próprios algozes, que tipo de povo é este então senão um povo acéfalo e imbecilizado, um povo que admite ser roubado e vilipendiado sem protestar, e pior ainda, gostar de ser espezinhado e servir de carne para canhão…
Nem poderia deixar passar em claro o meu respeito pelo Estado Novo e pela figura de Salazar, seria assim tão difícil pelo menos manter as boas políticas implementadas na época em variadíssimos sectores?
Para ser mais objectivo e neste caso a agricultura e florestas, porque acabaram com medidas de comprovada eficácia, porque acabaram com os guardas florestais e retiraram autoridade às forças da ordem, qual o objectivo de tais medidas?
Onde para a justiça, ou melhor, porque será que temos uma justiça conivente com o crime organizado?
Quem manda efectivamente neste território e a quem serve?
Afinal qual o papel deste povo senão o papel de escravos pagadores de impostos e sustentáculo de verdadeiras organizações mafiosas, vulgo máfia ou maçonaria?

Resultado de imagem para mafia maçonica
Até quando, pergunto eu continuará este pobre povinho imbecilizado a acreditar que decide alguma coisa, quando na realidade são completamente manipulados por um sistema escravizante e depauperante?
Para quando esta nação mostrar que está descontente ou melhor, revoltada com a traição que contra si foi cometida desde há 43 anos?
Porque não olhar atentamente para o passado e retirar dele as devidas ilações, se esquecermos o passado certamente o futuro não será risonho, cairemos vezes sem conta no mesmo erro, o erro sistemático, essa é a triste realidade que temos vivido nas últimas décadas….
E por último um conselho, pensem pelas vossas cabeças, não dá assim tanto trabalho, verão que afinal promover uma verdadeira mudança não custa assim tanto, apelem à vossa consciência, tornem-se conscientes e não olhem apenas para o aparente, pensem como um todo, precisamos de levantar de novo esta nação e devolver-lhe a soberania!!!
Somos Portugueses, não somos uma merda qualquer, não somos caciques nem escravos de ninguém, está na hora de correr de vez com os que nos têm traído…
Uma revolução impõe-se, começando mesmo pela nossa consciência, uma consciência pessoal que possa no futuro induzir uma verdadeira consciência colectiva…

Alexandre Sarmento

Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

Alexandre Sarmento Written by:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *