De facto temos talvez aquilo que merecemos!!!

De facto temos talvez aquilo que merecemos!!!

Coloco esta imagem hoje, pois me parece ainda vivermos nos “tempos tenebrosos do fascismo”, segundo tantos dizem depois da lavagem cerebral que dura há quase cinco décadas…
Pois dizem:
Repressão.
Tortura.
Analfabetismo.
Miséria do povo.
Fome.
Censura.
Colonialismo.
Racismo.
Corrupção.
Guerra.
E a cereja no topo do bolo, o fascismo!

Então vamos lá falar verdade, o que temos hoje senão um sistema repressivo, no qual somos física e mentalmente torturados, esqueceram-se da violência e terrorismo que foi a primeira republica, esquecem os mortos nesses mesmos actos terroristas, onde se viu isso no tempo do Estado Novo, quandohouve uma reposição da ordem pública e da justiça perdidas, facto!
Temos hoje um povo miserável, material e intelectualmente, completos analfabetos funcionais, um povo incapaz de fazer escolhas, de tomar atitudes por sua auto recriação um povo incapaz de distinguir o correcto do errado, um povo ignorante, um povo dominado pelos média e por um sistema de ensino imbecilizante em que é retirada a capacidade de pensar a cada cidadão que o frequenta, um sistema de ensino em que apenas são despejados conteúdos na mente dos nossos jovens, um sistema comprovadamente corrupto e subserviente aos interesses do sistema, ou seja, um verdadeiro sistema analfafetização funcional, sabendo nós que no Estado Novo baixou-se a taxa de analfabetismo de 80% para pouco mais de 20%, facto!

Resultado de imagem para manipulação de massas
Colonialismo e racismo temos nós hoje, fomos colonizados pelos grandes interesses politico-financeiro-corporativos internacionais, somos de facto um país, domado e dominado por interesses que nada nos acrescentam de positivo, antes pelo contrário andamos num ciclo inverso há mais de 40 anos, estamos de volta à insolvência, de volta à miséria, somos hoje explorados, somos espezinhados, somos manietados pelos mesmos que nos levaram à ruína na primeira republica, estivemos insolventes até alguém tomar a rédea deste país, fomos solventes e tivemos a quarta moeda mais forte a nível internacional, facto!

Corrupção, tema tão falado hoje em dia, tema que se tornou banal, termo que deixou de ter conotação negativa, passou a ser penso eu até ser uma honra ser corrupto neste país, pois quando se é comprovadamente corrupto e se pode concorrer aos mais altos cargos da nação, creio muito estar explicado, as derrapagens nas obras públicas, o financiamento dos partidos, o enriquecimento ilícito, tudo isso combatido pelo Estado Novo e defendido por uma CRP funcional e justa, uma CRP que zelava pelos interesses da nação, hoje temos o quê, uma CRP que mais não é do que um manual de como roubar a coisa pública, uma cleptocracia portanto, um sistema inclusivamente defendido por uma justiça conivente e participante no regime, uma brutal farsa, um verdadeiro fascismo, ou seja o facho que simbolizava o fascismo está bem patente nas corporações e instituições que dominam este país, uma máfia, uma associação criminosa, portanto fascismo temos nos dias de hoje, facto!

Resultado de imagem para roubo fmi

Guerra, temos hoje contra o povo português, essa é a verdade, vivemos hoje um estado de guerra, não uma guerra convencional, mas uma guerra psicológica orquestrada pelos nossos governantes com a finalidade de nos entregarem aos interesses maçónicos e da alta finança internacional, retiraram-nos tudo, até a nossa identidade cultural corre sérios riscos, um povo sem identidade cultural e afastado do seu passado torna-se fácil de dominar. Este é o objectivo deste fascismo com cor de democracia, um sistema que nos divide para nos dominar, um sistema que nos depauperiza afim de nos escravizar, de nos tornar escravos do sistema, este infelizmente é o retrato daquilo que temos hoje, perdemos um império, perdemos a identidade, perdemos a credibilidade, em suma estamos a perder o espírito de nação, estamos a perder tudo aquilo que nos definia como povo, como mui nobre e antigo povo, um exemplo para toda a humanidade, e pergunto eu agora, por culpa de quem?
Nossa, apenas nossa…
Facto é que estamos na merda, condenados a uma morte lenta e a sermos escravizados, a tornarmo-nos meros números e sermos completamente descartáveis, talvez num futuro próximo meras peças de museu como exemplo de raça que se auto-imbecilizou…

Resultado de imagem para auto imbecilização

Tenho muita pena mas sinto revolta e nojo de grande parte de muitos que se dizem portugueses, portugueses porquê se renegam a nossa história e passados gloriosos, que renegam o sangue suor e lágrimas derramados pelos nossos antepassados, são então portugueses porquê???, só tenho uma resposta, talvez para quando de jogos de futebol internacionais poderem pegar numa bandeira e por um cachecol e enfiar um barrete nos cornos, será essa a definição de um português nos dias de hoje, quer-me parecer que sim…

…de facto essa é a nossa triste realidade!!!!

Alexandre Sarmento

Artigos recentes

Comentários recentes

Arquivo

Categorias

Meta

Alexandre Sarmento Written by:

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *